curtas … grossas

Simone mantém MDB no respiradouro, mas estável

Jornalistas e afins ( e olha que tem muitos “afins” por estas bandas) que não estão envolvidos com este ou aquele grupo parece que pecam pela ingenuidade. Alguns deles deveriam se ater a outras editorias que não a política.

Afinal, a MDB não poderia ficar sem candidatura própria e, o único nome disponível que evitaria um vexame total nas urnas é Simone Tebet. Ainda mesmo perdendo ela ainda se mantém por quatro anos no Senado e deixa o partido respirando e com chances para o legislativo estadual e federal.

Com amigos assim…

… quem precisa de inimigos? Pobre candidato, foi vendido por quem conhece a mais tenebrosa da política.

Com uma chapa inviabilizada – adeus possibilidade de vitória na majoritária – parte-se do princípio de colocar um nome, a princípio, forte e negociar alianças R$endosas num eventual segundo turno;

ou…

minar a chapa, desacreditar o candidato para transferir um tanto dos seus votos para quem, ao que tudo indica, levará já no primeiro turno por falta de concorrentes fortes. Então já valerá acordos bem apoiado$.

Gato em teto de zinco quente

Não é a peça de Tennesse Williams, mas o título basta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s