Lula 35%, o PT morto e todos respirando por aparelhos

Brincadeira. Pesquisas mostram Lula com 35% dos votos. Basta isso, chega disso, vai até isso.

Fenômeno igual ocorreu com Paulo Maluf em São Paulo. Estabeleceu um limite. Não Passou disso. Votos suficientes para conquistar um cargo na Câmara Federal, para ele, apenas e tão somente para isso.

Lula, por detrás das grades conseguirá quanto além disso?

Lula vai até o teto de 35%. Lula é assim, nome, apenas isso. Mandando por detrás das grades, até o PCC e o CV.

Quando do momento da votação, quantos dos seus seguidores votarão nos candidatos petistas? O que é petista? 20% da população?

Vamos deixar de nos enganar?

O PP (ou Progressistas) está absolutamente ferrado em termos nacionais, afundados na lama, ou nas lamas das mais diversas da corrupção…

Cada um, cada um.

O PSDB emaranhado numa coligação de partidos de centro, emaranhados, eles também, numa confraria de possíveis falcatruas, bem como o candidato que a capitania essa “corja”.

Novo, uma loteria, de candidato com ideias próprias, aparentemente consequentes, muito bem definidas.

Ciro, é mais que uma fábula nordestina; uma desinconsequência de arroubos de coronelismos e arroubos …

Marina, um poço de ideias, profundo mas não práticos, afinal é necessário que se use o sarilho para obter alguma coisa; e quem usa a mão para obter esse sarilho.

Tirando o Novo, partido com futuro, mas ainda sem votos, nada. Novo é Novo mas falta-nos acostumar com essas ideias.

Triste ter que escolher nesse emaranhado de nadas, ou pior, pescar entre os enlameados. Não temos opções, aparentemente. Fadados àquilo que nem sequer temos, honradez, probidade.

No varejo, candidato preso, e outros sob suspeita

Existe uma premissa de que a eleição, ou eleições, são comandadas. Capos (Chefes da Mafia italiana), Coronéis (do antigo nordeste), Empresários endinheirados (esses bem próximos das realidades do sudeste e sul), mandatários do “Velho Centro-Oeste” e outras querelas de tantas outras galinhas. Ainda essas coisas chamadas partidos (prefiro chamar quebrados como o arroz que servem mas não sustentam.)

Melhor manter o que temos, ou vamos nos aventurar naquele que nada foi, senão um subserviente, apenas um mocho, indicado e obediente como os meliantes obedecentes daqueles que são ordenados pelos que são comandados das prisões? Vamos arriscar no que sempre teve a força de sua caneta, penalizando alguns para abrir caminhos para outros, incontestável, como um gato preto que sem residência, sem diretrizes, escolheu seu próprio ninho (fechando alguém, a quem permitiu tomar conta do enorme mercado de seus negócios para outros); O resto, o resto, naquele enorme negócio (dos quais não se intui, sequer se sabe, mas que rende cargos e outros benefícios por quatro ou mais anos, e estrutura para possibilitar outras e outras eleições nessa imensa miríade de mais de trinta partidos, sem ideologias).

Vamos falar sério… de sério, não há nada.

Deputados federais ou estaduais, não há nada que sobre. Antigos nomes, novos nomes que pouco acrescentam.

Vamos fazer uma aposta? Fábio Trad; Alcides Bernal, Tereza Cristina, gostem ou não… Democracia é isso. Aposta de ideias.

Elizeu Dionìzio, a cria de André, alguns outros (ele detesta que eu fale isso, mas é filhos de papai evangélico e cria do ex-governador – mantido pela bancada evangélica de pouco discernimento e muitos votos) e o restolho mantido por poupudas benesses dinheiristicas (nada além disso, ainda que neologismos).

Vamos partir, então, para alguma coisa mais prática. Sem puxar sardinha para ninguém, mas, de certa forma sendo prático enquanto analista politico… Quem quebrou o esquema de “caixinha dos vereadores”? Quem manteve a Saúde a Saúde Pública sob algum controle e que atendeu à população? O mesmo PP que a nível nacional esteve enredado nas falcatruas.

Votarão no PT, no DEM, no PP Nacional, no PSDB, ou votarão em candidatos?

Numa miríade de 35 Partidos (ou Quebrados, rebentados, esmiaçados) votar em candidatos, apenas isso. Ideias e Ideais.

A massa vai com aqueles a quem uma minoria comanda, uma Nação se faz por nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s