Ex-subtenente Molina fez do tráfico e do contrabando os negócios da sua família

O ex-subtenente da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Silvio César Molina Azevedo, e outras 21 pessoas que integravam a quadrilha foram denunciadas à Justiça Federal por envolvimento em crimes de tráfico internacional de drogas, contrabando de cigarros e lavagem de dinheiro. Molina e toda a sua família, em especial a esposa Roseleia Teixeira Piovezan Molina e os filhos Jéssica Piovezan Azevedo Molina e Jefferson Molina, que foi assassinado em 2017 por pistoleiros em Mundo Novo, fizeram do crime (vendas de entorpecentes, cigarros paraguaios e afins) os negócios da família, atuando de forma similar a uma empresa ou máfia, como preferir.

PP site 1

A denúncia foi recebida pelo juiz Bruno César da Cunha Teixeira, da 3ª Vara Federal de Campo Grande, especializada em crimes contra a ordem financeira. No despacho, ele destacou que os fatos contra os Molinas estão pré-comprovados. “Assim, com base no código de Processo Penal, recebo a denúncia, pois verifico, neste instante de cognição sumária, que a acusação está lastreada em razoável suporte probatório, dando conta da existência das infrações penais descritas e dos indícios de autoria a elas correspondentes”, cita no documento.

Molina Jefferson e Silvio
O filho, Jéferson, e o pai, Silvio César Molina (Foto: Facebook/Reprodução)

A Família Molina e todo o seu bando foi preso em junho deste ano, durante a Operação ‘Laços de Família’. Na época, foram cumpridos 20 mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, 35 de busca e apreensão, 136 de sequestro de veículos terrestres, sete mandados de sequestros de aeronaves, cinco de embarcações de luxo e 25 de imóveis. A investigação apontou que o grupo atuava no comando do tráfico de drogas na região do Conesul de Mato Grosso do Sul, abastecendo facções criminosas do país, em especial o Primeiro Comando da Capital (PCC).

O juiz também decidiu que as armas e munições apreendidas na operação serão encaminhadas ao Exército Brasileiro, através do Comando Militar do Oeste (CMO). Um dos helicóptero apreendidos na ação, modelo AS350 B3 Esquilo, foi entregue a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Segundo as informações, o Governo do Estado ainda tenta obter três aviões apreendidos com outros criminosos para aumentar a sua frota e a segurança na região de fronteira com o Paraguai e a Bolívia.

Também foi solicitada tradução da documentação processual para que o réu Thyago Rodrigo de Souza, que encontra-se na Itália, seja intimado. Foram denunciados também os comparsas Douglas “Bodinho”, que integrava a liderança, Jair “Chicão” e Maicon Henrique, responsáveis pelo núcleo de transportes e armazenamento dos entorpecentes e cigarros, a dupla também desempenhava papel de executores, motoristas e até mesmo seguranças pessoais dos integrantes da Família Molina.

No mês passado, a mesma 3ª Vara Federal de Campo Grande manteve a prisão preventiva de Roseleia e Jéssica. No despacho, o juiz destacou que as mulheres possuíam papel de destaque na organização criminosa, contrariando o argumento da defesa de que a investigação não individualizou a conduta das mulheres na organização criminosa. Os advogados ingressaram com o pedido de habeas corpus ou substituição da prisão preventiva por medidas cautelares e alegaram também que o risco de fuga (por residirem na fronteira) não é fator para manter o confinamento.

A investigação constatou que a Família Molina realizava o abastecimento de várias regiões do Brasil com drogas e cigarros e que geralmente eram transportados por caminhões e carretas com cargas aparentemente lícitas, tudo a serviço da criminalidade. Além de dinheiro, eles também recebiam como pagamento pelo material objetos de valor, como joias, veículos de luxo e até mesmo imóveis e propriedades rurais. A Família Molina tinha uma vida luxuosa e eram temidos na região do conesul de MS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s