JBS, a grande “deseleitora” do Brasil, nem o Talibã desconstruiu como ela

É uma empresa que atua no ramo da alimentação, mas se aperfeiçoou em implosão. Sem gastar um centavo com explosivos derrubou e continua derrubando governos e reputações.

Chegou nossa vez. O governador sob suspeita, seu ex-secretário e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Márcio Monteiro também, o coronelzão Zé Teixeira idem, pecuaristas deixando suas fazendas para humildemente “conversarem” na sede da Polícia Federal.

Aqui se faz, aqui se paga”, quem tanto pagou faz, agora, quem tanto recebeu prestar suas contas.

Bola cantada

Com mais de um mês de antecedência, o “Curtas e, por vezes, Grossas” (10-08-2018) informou:

“Mesada ou caixinha, quem não dá, sofre”

Era um país estranho, com uma estranha democracia, com legisladores representantes do povo que povo algum representava.

Imutável, porque as mudanças apenas representavam uma alteração de nomes. A mesma coisa com outras moscas.

Eram menos de 30, mas com um poder… imensurável. E uma fome dos patacos (moeda desse país imaginável).

Era mesada ou caixinha, ou perda do poder executivo… uma vez, aconteceu, mas os vinte e poucos ladrões colocaram no comando o próprio Ali Babá, que desta vez ficou com o tesouro e a tornozeleira… Amodernou-se e aliou-se a outros experientes safardanas.

O final da história sem moral alguma, buscam e rastreiam os libertos que têm interesse nas obras dos castelos e jardins e a quem eles disponibilizam a verba, que tem por destino final as mesadas ou caixinhas daqueles pouco menos de trinta.

Tenham por certeza que mudanças apenas representam alteração das moscas, o resto permanecerá igual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s