Projeto garante atendimento escolar especializado para aluno com deficiência

Grande parte das escolas não disponibiliza um atendimento escolar especializado. Pensando nas crianças que precisam eliminar as barreiras para a plena participação e aprendizagem com autonomia, o deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB) apresentou na sessão desta quarta-feira (19) Projeto de Lei que institui em Mato Grosso do Sul o Programa de Diagnóstico e Tratamento do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), do Transtorno Desafiador Opositivo (TDO), do Distúrbio do Processamento Auditivo Central (DPAC) e da Dislexia.

Conforme a proposta, o programa inclui atendimento escolar especializado, em caráter preventivo, que deverá ter início na educação infantil, em creches e pré-escolas. A proposta pedagógica deverá apoiar, complementar, suplementar e substituir, em alguns casos, os serviços educacionais comuns, em consonância com a sistomatologia do distúrbio, de modo a promover o desenvolvimento de potencialidades dos estudantes.

“O isolamento social e a constante crítica ao comportamento das crianças portadoras do TDAH, TDO, DPAC e dislexia são reflexos da dificuldade de um diagnóstico precoce. O atendimento educacional especializado deve ser garantido aos alunos com deficiência. Por isso, estamos apresentando este Projeto de Lei”, destacou Picarelli.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s