Ex-diretor da Funtrab e candidato a deputado Wilton Acosta é alvo de operação da PF

Atual candidato a deputado federal, o ex-diretor-presidente da Fundação de Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), Wilton Acosta (PRB), foi um dos principais alvos da operação desencadeada na manhã desta sexta-feira (28) pela Polícia Federal. A investigação apura desvio de recursos públicos repassados à Instituição de Microcrédito Crediquali, também chamado de Banco do Cidadão, ligado a Funtrab, do Governo do Estado.

A operação foi liderada pela Promotoria do Patrimônio Público de Campo Grande e cumpriu quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de sequestro de veículo, todos na Capital. Um destes mandados foi cumprido na cada de Wilton Acosta, localizada no condomínio Residencial do Parque, em frente à sede do Ministério Público Estadual, no Parque dos Poderes.

Os policiais levaram uma pasta, mas o conteúdo contido nela não foi revelado. A ação na casa do ex-diretor-presidente durou cerca de uma hora e contou com a presença de três agentes federais, do próprio Acosta e do seu advogado, Luiz Carlos Bueno, que informou à imprensa que seu cliente já havia prestado esclarecimentos sobre os fatos e está à disposição da justiça.

De acordo com as investigações, entre o segundo semestre de 2016 e primeiro semestre de 2017, recursos da entidade teriam sido utilizados indevidamente para a aquisição de bens privados e pagamentos de despesas particulares de ex-dirigentes e membros do Conselho Deliberativo, alvos das buscas na data de hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s