Administradora ajuda tribos indígenas de MS a obterem maior renda

De acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai), existem 225 povos indígenas espalhados pelo país. Hoje, grande parte está concentrada em pequenas aldeias em áreas remotas, sem muito acesso a novas formas de trabalho. Diante desse cenário, a administradora sul-mato grossense Janir Gonçalves Leite, filha de mãe índia e pai pantaneiro, desenvolveu um projeto para ajudar na geração de renda para os índios. A ação a levou para a final da categoria Consultora Natura Inspiradora, na 23ª edição do Prêmio CLAUDIA, principal premiação feminina da América Latina, que neste ano tem como tema central a educação.

“O prêmio coloca nosso projeto em evidência. A comunidade é muito carente, então é importante saber que CLAUDIA olha para todos”, afirma Janir. A administradora foi quem, pessoalmente, deu início ao projeto e passou a ensinar aos indígenas como produzir o artesanato que hoje gera renda a toda tribo. “Eu aprendi a fazer peças de palha e biojoia com sementes e ensinei todos os processos para eles que, agora, levam as peças até uma feira de produtores e conseguem vender, aumentando a renda da aldeia”, comemora.

Janir disputa o prêmio com a ativista social paranaense Bruna Marcelly Coutinho que preside uma ONG para pessoas com HIV e com a apicultora paulista Marli Gomes Masson da Silva que ministra palestras sobre proteção à natureza. A vencedora da categoria será conhecida em grande premiação marcada para 22 de outubro, na Sala São Paulo, em São Paulo. No total, serão oito premiados: sete mulheres nas áreas de Ciências, Políticas Públicas, Negócios, Ciências, Revelação, Trabalho Social e Cultura; e um vencedor na categoria Eles por Elas, que elege um homem que atua em prol de causas femininas.

As campeãs de cada categoria serão escolhidas pela soma dos votos da comissão julgadora e votação popular:www.premioclaudia.com.br

Sobre o Prêmio CLAUDIA

O Prêmio CLAUDIA é a maior e mais importante premiação feminina da América Latina. Há 23 anos, CLAUDIA, revista líder absoluta em seu segmento, descobre e reconhece mulheres que realizam trabalhos de impacto social em todo o território nacional. A cada edição, as finalistas concorrem em sete categorias diferentes: Ciências, Consultora Natura Inspiradora (para consultoras da marca patrocinadora do evento), Cultura, Negócios, Políticas Públicas e Revelação (para mulheres com menos de 30 anos).

Desde o ano passado, por acreditar que as transformações necessárias para um país mais justo só ocorrerão se toda a sociedade estiver incluída, existe a categoria Eles por Elas. Nela, concorrem homens que são protagonistas de projetos realizados em nome da igualdade de gêneros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s