Sisep retira areia acumulada em barragens do Segredo

A  Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) iniciou nesta terça-feira (23), o desassoreamento de duas barragens do Córrego Segredo, região do Conjunto Estrela do Sul, que tem capacidade para represar 40 milhões de litros de água. A limpeza vai  melhorar a vazão do córrego, evitando o seu transbordamento  mais abaixo, especialmente  quando recebe as águas do Cascudo, na altura da rotatória das avenidas Ernesto Geisel com Rachid Neder.  Estão sendo utilizados 10 caminhões e duas retroescavadeiras e a previsão é de que  nos  próximos 40 dias  seja retirada areia suficiente para lotar 2.000 caminhões , cada um com capacidade para transporte 10 metros cúbicos.

Segundo o secretário-adjunto da Sisep, Ariel Serra, com o acumulo de material (basicamente areia, mas também pedra e tronco de árvores) as barragens perderam capacidade para reter água, funcionam como vertedouros, reduzindo a capacidade de vazão do Segredo. Com isto,  voltaram a ocorrer pontos de transbordamentos ao longo do canal que margeia a Avenida Heráclito Figueiredo  e a Ernesto Geisel, denominação da via após o viaduto  sobre a Avenida Mascarenhas de Moraes.

“Parte desta areia desceu das cabeceiras há mais de sete anos, carregada quando a erosão  dentro da  Mata do Segredo que na época colocou em risco o corredor da  Nova Lima, a Rua Marques de Herval, exigindo a execução de uma obra de contenção na voçoroca aberta.   Ano passado, foi firmado um termo de compromisso com a empresa dona de um empreendimento na região, que retirou mais de  20 metros cúbicos da primeira represa”, diz Ariel Serra

Barragens do Sóter

Além da limpeza destas represas do Segredo, equipes da Sisep vão trabalhar na manutenção das barragens do Sóter, onde estão previstas algumas adequações para aumentar a capacidade de retenção de água e com isto melhorar a vazão. No trecho perto do shopping  houve transbordamento na chuva do último de 3 de outubro.

 O canal do córrego  não teve como dar vazão  ao volume de água que recebeu do lago do Parques das Nações Indígenas que está assoreado e já está  na programação do Instituto Estadual do Meio Ambiente a retirada de areia.  A Prefeitura construir um piscinão dos altos da Avenida Mato Grosso, com capacidade para reter 22 milhões de litros de água.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s