‘Benedetto’ Boca: Palmeiras se complica na Libertadores

O Palmeiras não suportou a pressão imposta pela torcida argentina e saiu de campo derrotado, amargamente, pelo complicado placar de 2 a 0. A vitória do Boca Juniors  foi merecida, os donos da casa souberam aproveitar os erros de marcação do time adversário e assim conseguiram construir um importante resultado para o jogo da volta, na próxima quarta-feira (31). O Verdão deixou a desejar na peleja, e foi em todos os setores, praticamente sem incomodar a defesa rival, o time limitou-se a defender até ter o bloqueio furado por um único homem, Benedetto, o cara do jogo.

Mídia 1

O Palmeiras chegou para o jogo sabendo que um empate não seria ruim, Felipão montou o time tradicional, apostando nas presenças de Gustavo Gómez e Luan na defesa. O Boca ditou o ritmo da partida, e ficou bem evidente o quanto isso atrapalhou os palmeirenses. Com jogadas rápidas e marcação em cima, os argentinos não deixaram os visitantes trabalharem na criação de jogadas mais audaciosas. Faltou ao Palmeiras arriscar chutes de fora da área, ao invés de persistirem nos lançamentos para dentro da área.

Felipão reclamou, ou justificou, após a partida, que o calendário do futebol não deixa seus jogadores descansarem. Já no sábado (28), o Palmeiras enfrenta o Flamengo, em pleno Maracanã, num confronto direto pela liderança do Campeonato Brasileiro. Depois, o treinador veterano terá quatro dias para trabalhar e mudar a postura dos seus jogadores para a partida ‘da volta’ contra o Boca.

“Não dá para ficarmos lamentando. Estamos jogando nove jogos por mês. São três meses seguidos, e em um desses dias terá uma dificuldade maior. Foi hoje, pela qualidade do Boca. Vamos brigar novamente pelo título brasileiro, pela reviravolta contra o Boca em casa. Mas sempre vai ter uma equipe como a do Boca, que foi bem melhor hoje, que nos obrigará a ter dificuldades maiores em virtude daquela situação de cansaço de nossos jogadores, acúmulo de jogos e tudo mais”, relatou o treinador durante a coletiva após o jogo.

O Verdão precisará vencer por, no mínimo, dois gols de diferença para levar a decisão aos pênaltis. Se abrir uma vantagem de três gols ou mais, conquista a vaga para a grande final da Libertadores. Dono da melhor campanha da primeira fase da competição continental, o Palmeiras não poderá sofrer nenhum revés dentro de casa, caso contrário, as contas aumentam e a classificação fica ainda mais difícil.

O jogo

A partida entre as duas equipes foi muito corrida e elétrica. O Palmeiras tentou controlar o adversário, mas não suportou a pressão. Com uma arbitragem que pouco marcava faltas e deixava sempre o lance continuar, o ritmo da partida foi aumentando e os nervos subindo. Presos no próprio campo de defesa, os palmeirenses passaram a investir em chutões sem direção alguma para tirar as bolas que vinham contra a meta. Dudu e Willian conseguiram chegar ao ataque, mas mandaram por cima do gol. Do outro lado, Izquierdoz quase mandou para dentro em uma cabeçada.

Na etapa seguinte, o Palmeiras voltou controlando o jogo e chegou a assustar no início. Com um ótimo banco, Felipão demorou parar mexer e quando mudou, fez substituições sem resultado. Primeiro, ,tirou Borja para por Deyverson, que sequer pegou na bola. Logo em seguida saiu o primeiro gol do Boca, aos 38. Após cobrança de escanteio da direita, Benedetto sobe entre a zaga e cabeceia com categoria para abrir o placar.

Rapidamente, Felipão voltou a mexer numa estratégia clara de segurar o placar. Naquele momento, o entendimento era simples: 1 a 0 dá para virar em casa. Saiu Bruno Henrique, que pouco fez no meio de campo, e colocou Thiago Santos para reforçar a parede. Não adiantou, aos 42, novamente Benedetto recebeu o passe de Pérez, deu um lindo drible em Luan e chutou colocado, de fora da área, matando o jogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s