Está preso o assassino de Maiana e Dandara; população aguarda por respostas e clama por Justiça

A camisa com a imagem de Jesus Cristo apenas disfarça a personalidade maléfica, psicopata e real do jovem Marcos Fioravanti Neto, de 22 anos, foragido desde o início desta segunda-feira (26). No final da tarde, chegou ao fim a sua fuga pelas cidades do sul do Estado, após ter assassinado a esposa Maiana Barbosa de Oliveira, de 20 anos, e a própria filha, Dandara, de apenas um mês de vida, na casa em que residiam, em Dourados. Agora, a sociedade aguarda pela justificativa (se é que existe alguma) para tamanha brutalidade e também pela Justiça.

Kascatinha lanches

O crime foi descoberto nas primeiras horas da manhã, quando os corpos das vítimas foram encontrados por familiares do rapaz e logo ganhou destaque nas redes sociais. Segundo a polícia, Marcos esfaqueou e matou a esposa e a filha, ainda por motivos desconhecidos. O bebê do casal apresentava um afundamento do crânio, provavelmente decorrente de um espancamento. Para a perícia, o assassinato pode ter acontecido na noite de domingo (25), devido ao avançado estado de decomposição.

Conforme a imprensa douradense, após cometer o crime, Marcos fugiu para a cidade de Vicentina, onde furtou uma motocicleta, e seguiu até Glória de Dourados, sendo preso logo após furtar uma mulher na rua, já no final da tarde. O assassino foi autuado, em flagrante, por furto de veículo e tentativa de assalto e está detido na delegacia de polícia daquele município. Ele deve prestar depoimento ao delegado responsável e ser transferido para Dourados para depor sobre o assassinato.

Maiana era aluna do primeiro ano do curso de história da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Ela também praticava capoeira e era uma importante líder na defesa das minorias e contra o racismo. Já Marcos vem de família tradicional em Dourados, informações não oficiais dizem que teria distúrbios psiquiátricos. O caso é investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados. A mãe a filha serão sepultadas na cidade de Rio Brilhante.

Luto

45282654-1426545607489880-2472171132489302016-n-525x430-1-525x430

Pelas redes sociais, amigos e conhecidos de Maiana lamentaram a morte da estudante. “Que Deus receba você e sua neném de braços abertos tristeza imensa no meu coração nesse momento só queria que pudese ler alguma mensagem minha! Mais agora só saudade, vou seguir seus conselhos e lembrar o quanto pediu para me cuidar.”, postou uma amiga

“Não estou acreditando que você se foi, era tão alegre, tão sorridente, estava tão feliz com a chegada da Dandara! Por que isso foi acontecer logo com você? Que esteja em paz. Todos de luto por você.”, comentou outra pessoa.

A UFGD emitiu uma nota de pesar. “A direção da Faculdade de Ciências Humanas e a coordenação do Curso de História da Universidade Federal da Grande Dourados manifestam profundo pesar com as mortes violentas da discente Maiana Barbosa de Oliveira e filha, ocorridas nas últimas horas, em Dourados. Confirmadas as primeiras suspeitas, repudia-se mais um crime de feminicídio, condição que requer a luta insistente e constante contra o machismo e suas mais variadas formas de violência física e simbólica. Em função do ocorrido, as aulas do Curso de História estão suspensas no dia de hoje.”, diz o texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s