Pesquisa traça o perfil do consumidor sul-mato-grossense para o Natal e Ano Novo

Os filhos são os prioritários e deverão ganhar principalmente roupas, compradas à vista (em dinheiro de espécie) nas lojas do centro da cidade já na semana do Natal, dentro de um valor máximo de R$ 213,89. Resumidamente, esse é o perfil do consumidor sul-mato-grossense para a data mais esperada pelo comércio ao longo do ano. Nesta quinta-feira (29), a Federação do Comércio (Fecomércio/MS), através do seu Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IPF/MS), com apoio do Sebrae/MS, divulgou a pesquisa de intensão de compras para as datas comemorativas do mês de dezembro.

Kascatinha lanches

O levantamento apontou que as festas de fim de ano, Natal e Ano Novo devem movimentar R$ 378,32 milhões na economia de Mato Grosso do Sul este ano, sendo R$ 225,17 milhões no período do Natal e R$153,15 mi no Ano Novo. Dos gastos com o Natal, a pesquisa mostra um maior dinamismo financeiro para as comemorações em vista dos presentes. Serão R$ 130,94 milhões destinados às comemorações e R$ 94,23 mi às compras de presentes.

Comparado com o resultado da pesquisa de 2017, houve aumento no número de pessoas que irão às compras e do gasto médio com presentes e comemorações. No que diz respeito às intenções de consumo, o crescimento foi de 11,25 p.p. Eram 50,38% no ano anterior contra 61,63% de 2018. Já o gasto médio subiu de R$ 186,49 para R$ 213,89, um aumento de 14,69%.

O percentual daqueles que vão comemorar o Natal também cresceu, passando de 58,03% em 2017 para 73,66% este ano, um aumento de 15,63 p.p. Além do número de pessoas, o gasto médio cresceu 20,97% e chegou a R$ 198,71. Dos que irão comemorar, a maioria vai gastar entre R$ 151,00 e R$ 300,00 (39,32%). As comemorações serão realizadas, na maioria, em casa (29,63%) e na casa de amigos/familiares (35,44%). Já as viagens foram responsáveis por 4,5% das intenções de comemoração.

Preferências de presentes

Entre os que vão presentear, as preferências são as roupas (31,90%), brinquedos (19,87%) e calçados (15,19%). As compras ocorrerão na semana do evento (50,62%), em lojas do centro (72,80%). O dinheiro ainda será a forma de pagamento mais utilizada (63,12%) e os consumidores afirmam que levarão em conta o preço (27,02%), o produto (25,66%) e o atendimento (22,05%) da loja.

Comemorações do Ano Novo

No Ano Novo, 71,94% dos pesquisados pretendem comemorar a data na casa de amigos/familiares (34,28%). Nesse período, as pretensões de viagens (6,74%) são maiores que na comparação do Natal e, com isso, a possibilidade de uma movimentação financeira 16,96% superior, devido principalmente ao comportamento dos campo-grandenses. Com isso, os gastos médios para essas comemorações serão de R$ 189,27.

Gastos com o 13º salário

Quase 46% das pessoas abordadas terão direito ao benefício. Dentre as principais prioridades de gastos, destacam-se o pagamento de contas, impostos e outros gastos de início de ano (mais de 55%). Essas pretensões foram praticamente as mesmas de 2017. Além disso, praticamente 16% dos pesquisados destinarão o recurso à compra de presentes e comemorações de final de ano, ou seja, mais de R$ 400 milhões dos R$ 2,6 bilhões previstos para Mato Grosso Sul.

Ao todo, foram entrevistadas 2.502 pessoas em 15 municípios do Estado, de 22 de outubro a 14 de novembro, com nível de confiança de 95% e margem de erro que varia entre 5% e 8%.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s