Atentado na Catedral de Campinas: padre pede orações ao atirador e às vítimas

Em um depoimento bastante emocionado, compartilhado há pouco pelas redes sociais, o padre Amauri Thomazzi, que celebrava a missa na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), pediu aos fiéis para que rezem pelo homem, de identidade não confirmada ainda, responsável pelo atentado naquela igreja. O sujeito invadiu a celebração eucarística e efetuou mais de 20 disparos contra o público, em sua grande maioria formado por idosos e crianças. Quatro pessoas morreram na hora e outras quatro foram socorridas, em estado grave, para unidades médicas da cidade paulista.

Audire 3

“Eu rezei a missa das 12h15 (DF), no final da missa uma pessoa entrou atirando, fez algumas vítimas e ninguém pôde fazer nada, ajudar de forma nenhuma. Eu peço a oração de todos, estamos todos bem”, relatou o padre, pedindo para que os fiéis rezem pelo atirador. “Rezemos por ele e por aqueles que foram feridos, tem vítimas fatais. Rezemos a Nossa Senhora Imaculada que interceda por essa catedral e por essas famílias”, disse, ainda dentro da Catedral Metropolitana.

Rapidamente, imagens do atirador, já morto, e de algumas das vítimas fatais ainda sangrando dentro da igreja foram compartilhadas por meio de redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas. A polícia ainda não sabe qual é a identidade do atirador, pelas imagens, trata-se de um homem, tendo de 40 a 50 anos de idade, com cabelos curtos e magro. Ele trajava uma camisa azul e uma bermuda jeans, além de estar usando óculos escuro.

De acordo com as últimas informações divulgadas pela imprensa de Campinas, o sujeito entrou com uma pistola, de calibre 38 mm, e trazia munições extras. No momento do atentado, o centro da cidade estava muito movimentado. A cena foi chocante, conforme relato de testemunhas. “As vítimas não foram identificadas ainda. Socorremos quem poderia ser socorrido e investimos em quem nós achamos que poderia retornar do quadro grave. […] Não temos informação sobre motivação e sobre quem são as vítimas”, explicou o bombeiro Alexandre Monteiro.

Uma mulher de 65 anos, com lesões na região da cervical, foi encaminhada ao Hospital Mário Gatti, ela já estaria fora de risco; um homem, de 84 anos, atingido nas regiões do tórax e abdômen, passará por uma cirurgia no mesmo hospital. Uma mulher de 40 anos foi levada ao Hospital de Clínicas da Unicamp e não há informações sobre para qual unidade a quarta pessoa ferida foi levada. O entorno da Catedral está isolado e câmeras de monitoramento da CinCamp registraram a movimentação na área.

Veja o depoimento do padre Amauri Thomazzi divulgado nas redes sociais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s