Assassino de Maiana e Dandara comete suicídio na penitenciária de Dourados

O arrependimento falou mais alto, o peso da consciência ditou a palavra e a mente, enfraquecida, guiou os movimentos finais. Na manhã desta sexta-feira (21), Marcos Fioravante Neto, de 22 anos, foi encontrado morto pelos agentes penitenciários da Penitenciária Estadual de Dourados. O rapaz respondia por dois crimes, furto, cometido durante a fuga das autoridades, e pelo assassinato da esposa, a estudante Maiana Barbosa, de 20 anos, e da sua própria filha, Dandara, de apenas um mês de vida.

Fernando Potrich

O crime aconteceu no dia 26 de novembro e chocou a comunidade local. Foi a mãe de Marcos quem encontrou os corpos da nora e neta na casa onde moravam. O rapaz esfaqueou as vítimas e fugiu para a cidade de Vicentina, onde roubou uma motocicleta e seguiu para Glória de Dourados, sendo preso no momento em que tentava furtar a bolsa de uma mulher. Nesta última semana, o Ministério Público ofereceu denúncia contra Marcos.

O rapaz iria responder por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, por meio de recurso que impossibilitou a defesa das vítimas, e feminicídio. Conforme a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Marcos foi encontrado enforcado na ala de saúde da penitenciária. Ele estava detido em separado dos demais internos. Na época do crime, familiares dele disseram às autoridades que sofria de distúrbios mentais e seria usuário de drogas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s