Na Saúde, promessa para 2019 é de inaugurações de UBSF e Clínicas da Família

No que depender da ‘vontade’, o ano de 2019 será de muitas ‘transformações’ e ‘realizações’ na saúde pública de Campo Grande. Isso porque, conforme detalhou o secretário municipal da Sesau, Marcelo Vilela, pelo menos quatro novas Clínicas da Família e cinco novas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) devem ser inauguradas até o final de dezembro na cidade. A expectativa também prevê o início do funcionamento em horário estendido de pelo menos três unidades de saúde em cada distrito.

Carlinos cabelo

De acordo com o planejamento de expansão para o ano de 2019, estão previstas a conclusão e entrega de cinco novas UBSFs nos bairros: Zé Pereira, Cristo Redentor, Arnaldo Estevão de Figueiredo, Aero Rancho – Granja e Jardim Presidente. Também serão concluídas ou iniciadas as reforma das unidades Santa Carmélia, Itamaracá, Maria Aparecida Pedrossian (MAPE), Iracy Coelho, Serradinho, Vila Nasser, Marabá, Aero Rancho, Coophavilla, Cohab e Jardim Noroeste e a ampliação das UBSFs Mato do Jacinto, José Abrão, Bonança, Silvia Regina e Cidade Morena devem ser concluídas no próximo.

O titular da Sesau destacou também que três unidades de saúde de cada distrito, mais a UBS 26 de Agosto (Central), passarão a funcionar com horário estendido das 07h às 19h ininterruptamente. Está previsto ainda a realização de concurso público para contratação de pessoal na área da saúde, devendo ser ofertadas de 500 a 800 vagas para médicos de diferentes especialidades.

Até o final deste ano, quatro regiões de Campo Grande devem ser unidades certificadas como Clínica da Família. O processo de transformação de adequação de fluxo de trabalho, a exemplo do que aconteceu na UBSF Nova Lima, onde hoje funciona a primeira Clínica da Família, já foi iniciado na UBSF Portal Caiobá e a previsão é de que até o fim de janeiro a unidade se torne uma Clínica da Família.

Em 2018, foram entregues a UBSF Azaléia, UBSF Vila Cox e UBSF Oliveira (foto de capa), além da primeira Clínica da Família de Campo Grande, no bairro Nova Lima. “Isso faz parte desse planejamento que vem sendo construído desde o ano passado. Além de concluir as obras de construção de unidades que estavam paradas desde 2012, nós tivemos a preocupação de melhorar a estruturas das já existentes para garantir mais comodidade ao paciente e também ao servidor.”, disse Marcelo Vilela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s