Parlamentares comentam suas expectativas para a 11ª Legislatura na ALMS

Na cerimônia de posse do governador e vice-governador do Estado de Mato Grosso do Sul, realizada na tarde (1), na Assembleia Legislativa, alguns deputados eleitos em 2018, falaram sobre os próximos quatro anos de mandato, que se inicia no dia 1º de fevereiro, a partir das 9h, quando será realizada a sessão solene de posse dos parlamentares para a 11ª Legislatura.

Bruno Miranda

Rinaldo Modesto (PSDB) acredita que os modelos de gestão empregados pelo governo federal e estadual farão o País e o Estado crescer economicamente. “Será muito importante para meu mandato a forma de administrar do governo estadual, pois há uma esperança no coração de todos nós, tanto dos sul-mato-grossenses, quanto de todo o Brasil. Torcemos e acreditamos que haverá um novo tempo de prosperidade, geração de emprego e renda, estou muito confiante nisso”, registrou o parlamentar.

Jamilson Name (PDT) comentou a sua estréia na política estadual. “É minha primeira vez em mandato eletivo, uma responsabilidade muito grande, já que a política precisa de renovação e pessoas novas, que olhem a política de uma maneira diferente, para não ficar na mesmice que está sendo tratada nos últimos anos. Tenho certeza que a partir deste ano haverá mudanças, a população mostrou que desejava isso com os resultados do último pleito. Quero aqui desenvolver um trabalho de qualidade, sempre com muito respeito e em prol da população”, destacou.

Paulo Corrêa (PSDB), que exercerá seu sétimo mandato na Assembleia Legislativa, considera que sua atuação na próxima legislatura será positiva. “Será muito boa, acredito que o governador Reinaldo Azambuja irá resgatar muita coisa que foi prometida durante a campanha. O modelo de gestão do Reinaldo, que é participativo, venceu novamente, então, a expectativa é que a gente possa construir um Mato Grosso do Sul melhor do que foi feito no primeiro mandato de Reinaldo Azambuja”, relatou.

João Henrique (PR) assume um compromisso com a juventude em seu mandato. “Começo levando a missão de dar força e representatividade a essa juventude que me trouxe aqui pelas redes sociais com muito carinho. É preciso prestar atenção sempre nesses movimentos das redes sociais e estender o nosso gabinete e o nosso mandato à vários segmentos, para que isso seja motivo de orgulho e que a gente deixei no passado a desconfiança existente em relação aos agentes políticos. Um bom mandato pode ser feito, responsável, alegre, e que leve as pessoas aquilo que elas esperam, que é ter cada dia sua vida melhor em todos os aspectos”, considerou.

Cabo Almi (PT) irá representar duas frentes em seu novo mandato, a saúde e a segurança pública. “Cada legislatura é uma oportunidade para aprendizado e a sociedade clama por mudanças, novidade, algum deputado que procure buscar alternativas, inovar e criar mecanismos para amenizar a dor do povo. Já a segurança pública, minha bandeira principal, terá a atuação de outros parlamentares da área, Capitão Contar e Coronel David, ambos do PSL. Acredito que faremos um grande debate sobre a segurança da população sul-mato-grossense. Atuando nesses dois quesitos, semper contribuindo e melhorando, cumpro com o meu papel na Casa de Leis”, finalizou.

Marçal Filho (PSDB) tem uma longa experiência legislativa a colocar em prática nesta legislatura. “Fui deputado federal por quatro mandatos e agora estou interrompendo meu segundo mandato de vereador. Toda essa vivência agregará meu primeiro mandato na Assembleia Legislativa, contribuindo para o desenvolvimento do nosso Estado”, constatou.

Herculano Borges (SD) tem uma expectativa bastante positiva para os próximos anos de seu mandato. “Acreditamos em um novo momento para o Estado, um reaquecimento de nossa economia, que então facilita o trabalho dos parlamentares. O desafio é muito grande, estou bastante animado, agora acredito que podemos desenvolver um trabalho melhor ainda, com mais calma, mais planejamento, sempre buscando trabalhar em nossas frentes principais que são a defesa e proteção da família e o incentivo a educação usando o esporte como ferramenta de inclusão social, apoiando sempre as boas ações do novo governo do Estado”, assegurou.

Também tomam posse no dia 1º de fevereiro os eleitos Capitão Contar e Coronel David, do PSL, Renato Câmara, Marcio Fernandes e Eduardo Rocha, do MDB, Onevan de Matos e Felipe Orro, do PSDB, Zé Teixeira e Barbosinha (DEM), Lidio Lopes (PATRI), Pedro Kemp (PT), Londres Machado (PSB), Neno Razuk (PTB), Gerson Claro e Evander Vendramini, do PP, Antonio Vaz (PRB), e Lucas de Lima (SD)

Sessão Legislativa – O ano legislativo será iniciado no dia 4 de fevereiro, com a sessão solene de abertura da 1ª Sessão Legislativa. Às 8h45, o governador deverá passar em revista a tropa formada pela Polícia Militar na rampa de acesso ao Palácio Guaicurus. Na sequência, haverá o hasteamento das bandeiras do Brasil, Mato Grosso do Sul e Campo Grande. A partir das 9h, no Plenário Deputado Júlio Maia, o governador apresentará a Mensagem do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, conforme prevê o artigo 89, inciso XI, da Constituição Estadual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s