Empresa é fechada pela Justiça após realizar leilões onlines de veículos e não entregá-los aos compradores

O juiz de Direito José Henrique Neiva de Carvalho e Silva determinou o encerramento das atividades da empresa de leilões Leilosul Veículos (www.leilosulveiculo.com.br). A marca em pauta está sendo acusada pelo Ministério Público Estadual (MPE/MS) de promover leilões de veículos em seu site e não entregá-los aos compradores, mesmo após a efetivação e comprovação do pagamento. Atualmente, o endereço eletrônico  citado encontra-se fora do ar.

Clinica Veterinária Animália

De acordo com o contido nos autos, que serviu de base para a concessão de tutela de urgência, a empresária Francisca Arimateia Xavier usa o site http://www.leilosulveiculo.com.br para promover leilões online de veículos. Para participar desses leilões, os consumidores precisam realizam um cadastro no site, em seguida, eles formulam os lances de forma eletrônica.

O site oferece veículos com valores abaixo dos praticados no mercado regular de consumo, atraindo consumidores, entretanto, conforme denúncia de clientes, a entrega do bem não ocorre.

No site ‘Reclame Aqui’ é possível encontrar duas denúncias contra a empresa. Uma delas, datada do dia 27 de novembro de 2018, o consumidor de Uberaba (MG), que não teve a identidade divulgada, disse que fez a compra de um veiculo e uma atendente da empresa, chamada Karine, pediu para que ele fosse buscar o automóvel em um endereço na cidade de Campo Grande, no entanto, conforme o consumidor, o local seria um galpão abandonado da Prefeitura Municipal.

“Site de leilão falso, que finge um Leilão para enganar as pessoas. Pede para passar o valor do lote, mais na verdade não existe carro nenhum. Não compre carro desse leilão.”, diz o consumidor. Na outra reclamação, o cliente, que é de Londrina (PR), afirma ter comprado um veículo por R$ 27 mil, feito o depósito, mas não o recebeu.

Nos autos, consta relato da consumidora A. M. R., que teria arrematado um automóvel e efetuado o pagamento mediante depósito bancário, mas o veículo jamais foi entregue. De acordo com ela, o mesmo automóvel voltou a ser leiloado pela Leilosul Veículos posteriormente.

Ela então procurou a Justiça, chegando até o MPE/MS, que entrou com uma Ação Coletiva de Consumo, ajuizada por meio do Promotor de Justiça Luiz Eduardo Lemos de Almeida.

Agora, o Juiz de Direito José Henrique Neiva de Carvalho e Silva concedeu a tutela provisória de urgência para que Francisca Arimateia Xavier, responsável pelo sítio eletrônico http://www.leilosulveiculo.com.br, se abstenha de ofertar veículos em leilão pela internet, vendê-los e não entregá-los aos consumidores sob a pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s