Líderes comentam os desafios da nova legislatura para o desenvolvimento de MS

Os líderes das bancadas do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Progressista (PP), deputados Marçal Filho, Pedro Kemp e Gerson Claro, respectivamente; e o líder do Governo do Estado, deputado estadual Barbosinha (DEM), subiram na tribuna da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nesta manhã (4), na solenidade de abertura da 1ª Sessão Legislativa da 11ª Legislatura, e falaram das expectativas para os próximos quatro anos de atuação parlamentar em prol da sociedade sul-mato-grossense.

Deputado Marçal Filho começa seu mandato na ALMS

O deputado Marçal Filho (PSDB) destacou sua experiência nos mandatos de deputado federal e vereador. “Trago para cá muitos anseios. Estreio hoje aqui enquanto deputado estadual eleito e empossado e tenho muito a aprender, apesar de minha experiência. O compromisso com a população de Mato Grosso do Sul, traz a necessidade de realizar em um mandato participativo, sempre em contato com a população, pois devemos respeitar o voto popular com o nosso trabalho”, acrescentou.

Pedro Kemp falou pela bancada do Partido dos Trabalhadores 

Já o deputado Pedro Kemp (PT) enfatizou a importância do exercício da democracia no Poder Legislativo em seu discurso. “Acredito que a democracia, por pior que seja, é sempre melhor que uma ditadura. Não abro mão de expressar minhas convicções e falar pelas minorias que enfrentam mazelas, as vozes dos trabalhadores, populações empobrecidas, negros discriminados, pessoas com deficiência. As minorias precisam ser ouvidas em todos os parlamentos. É falado na responsabilidade fiscal, mas não falam na responsabilidade social e ambiental. O Estado deve racionalizar os gastos e combater os privilégios. Precisamos de boas iniciativas para alavancar nosso desenvolvimento, de novos investimentos. A Assembleia Legislativa está sempre pronta a enfrentar os desafios propostos”, afirmou.

O Partido dos Progressistas foi representado por Gerson Claro

Gerson Claro (PP) considerou o interesse público o principal objetivo da atuação dos parlamentares eleitos. “A voz angustiada das ruas e o discurso político desacreditado nos trouxe aqui. Fomos escolhidos para representar a população, fiscalizar as leis existentes, elaborar novas, sempre buscando uma vida melhor para a sociedade. É preciso coragem e sabedoria para quebrar paradigmas. Penso que é fundamental um projeto para fomentar e subsidiar cidadãos para o uso do gás natural, a regularização fundiária também é muito importante para o Estado, o pacto federativo para nossos estados e municípios. Somos a voz do povo e juntos construiremos um Mato Grosso do Sul melhor”, concluiu.

Barbosinha é o líder do governo na Casa de Leis 

O deputado estadual Barbosinha (DEM), líder do governo na Casa de Leis, assegurou que é necessária sabedoria para reconhecer as mudanças. “Precisamos distinguir o que pode e o que não pode ser mudado. Esta vitória do governador Reinaldo Azambuja [PSDB] norteia o destino do Estado. Vivemos um momento de transição no País e creio que nossa nação será próspera, justa e mais igualitária. Mato Grosso do Sul está pronto para avançar e fazer parte da honrosa tarefa de construir um novo Brasil. E a nossa liderança não será construída sozinha, e sim com todos que compõem a base do governo”, registrou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s