Bancários, eleições entre bancários-banqueiros e bancários

Triste notar que não existe transparência nas eleições. Triste pedir encarecidamente que uma determinada chapa forneça informações sobre “promessas”, aludindo que a eleição está ganha. A mesma diretoria que solicita informes nas costumeiras greves de setembro.

Para nós, imprensa, é válido cobrir greves. Dá leitura, até porque prejudica toda uma população. Estamos reféns dos bancos, dos bancários, dos banqueiros. E todos estamos reféns dos sindicalistas… e os próprios funcionários também estão.

Os bancários irão pagar pelo peleguismo dos seus. Nós, correntistas, nas algemas de nossas contas bloqueadas, sem envelopes para depósito, sem nada.

Vocês nos parecem bandidos institucionalizados. Uma instituição com fins lucrativos em detrimento da população.

Falar, Chapa 1, de estar em consonância com o que pressupõe a ascendência social? Brincou. O maior ganho para as instituições financeiras (bancos) se deu durante a administração petista. Chapa 1, o que vocês ganharam para os servidores e funcionários? Agora colocam 62 diretores para que?

Sabe o que sabemos – mantido sigilo de fonte – que devem muito a tantos, Discursos, discursos, falastras. Então, que pena, que lástima.

Quem sabe, e talvez se chegue a isso, haver uma reprovação enorme aos próximos movimentos de greve. Greve pra quê? Para que ainda mais os banqueiros ganhem mais e mais, os trabalhadores menos e menos, os correntistas apenas problemas.

Chega a ser nojento, chega a ser espúrio essa manipulação de tantos  supostamente inteligentes concursados ou aprovados em testes de entidades privadas. A Central Única de Trabalhadores acabou, poucos perceberam, mas aos que ainda persistem na defesa dos trabalhadores existe a certeza de que deve ser reestruturada. Vamos fazer isso com um viés no futuro, ou com um pé no passado?

O que e contesta hoje é: teremos um Sindicato operante ou um sindicato (assim grafado com minúsculas) subserviente aos ditames daquelas várias práticas. Quantos teremos a sustentar, 62 diretores e adjacentes? Teremos vinte e poucos dedicados em uma  estrutura enxuta? Temos propostas ou promessas? Teremos uma ligação com o passado ou uma gestão para o futuro?

Acabou. O roubo institucionalizado do Imposto Sindical acabou. Você se sindicalizaria para sustentar uma máquina insustentável? Você pagaria diretorias de coisa nenhuma? Você ficaria refém de um elefante que não se move?

Por que a Chapa 1 não nos enviou promessas ou propostas até hoje, véspera de eleição? Quais motivos lhes garantem que “estamos com as eleições ganhas”.

Quando ocorrer a greve, e ela vai ocorrer, para que após sentarem-se a mesa de negociação retomem a conversa de que “ano após ano somos conhecidos nas negociações com a Febraban”. Ano após anos, confiam e votam naqueles mesmos que, após as greves, reclamam das perdas profissionais, não venham pedir a defesa de seus direitos para quem não deu transparência de suas ações.

Peçam que expliquem as ações que existem contra eles. Peçam que expliquem as ações trabalhistas ou as reclamações contra a falta de pagamento de diversos prestadores de serviços. Nossa, 62 cabides a pendurar capas velhas e carcomidas, acordos a serem cumpridos com centrais e associações numa estranha e difícil contabilidade que retira contribuições dos trabalhadores.

Viva um Brasil que perdeu o enorme contingente de dinheiro fácil, usurpado aos trabalhadores, viva esse grupo que ainda acredita no dinheiro fácil, daquele sindicalismo que dizia amém para amealhar de esmola o que era e nunca mais será roubado do trabalhador.

Parem de promessas embasadas no dinheiro fácil, façam propostas coerentes e sustentáveis. Lutem pelo engajamento de sindicalizados. Parem de esconder propostas, Chapa 1. Desde o começo dissemos que não cobraríamos pela exposição de ideias e programas – ou vocês só têm promessas? – então, por que nesses dias de eleição ainda se escondem? É bom lembrar que durante o governo dos últimos 14 anos, mitos e ídolos dos sindicalistas, foram os anos de maior lucros dos bancos. Vai dai que…

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s