Oficinas e workshop sobre performance estão com inscrições abertas

Interessados em aprender sobre performance podem participar das oficinas e workshop gratuitos que serão realizados durante o IPêrformático – Capítulo II – E Se Não Houver Luz no Fim do Túnel?, que conta com investimento do FMIC (Fundo Municipal de Investimentos Culturais), oriundo da Prefeitura Municipal de Campo Grande, através da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo).

O festival acontece de 5 a 15 de abril. Já as oficinas iniciam no dia 8 e o workshop será no dia 10 de abril. As inscrições são presenciais e duram até serem preenchidas todas as vagas disponíveis. Para se inscrever basta ir no Centro Cultural José Octávio Guizzo, local onde serão realizadas as aulas.

A oficina Afete-se será ministrada pela idealizadora do IPêrformático, a performer Alice Yura. Ela se inicia na segunda-feira (8), das 9h às 11h, e segue até sexta-feira (12), sempre no mesmo horário. Podem participar 20 pessoas.

Será abordada questões sobre o processo criativo na arte contemporânea, corpo, afeto e cibercultura. Os participantes produzirão um vídeo e uma foto com seus smartphones e no último dia do festival, 15 de abril, será mostrado os resultados.

Também na segunda-feira (8) tem início a oficina Composição Criativa Através de Vários Pontos, ministrada por Zé Alex, diretor da Cia Enviezada, do Rio de Janeiro. Ela dura só dois dias, terminando na terça-feira (9), sempre das 10h às 13h. Podem participar até 28 pessoas.

Esta oficina pretende estimular o pensamento crítico e a criação de partituras cênicas e composições a partir da técnica dos viewpoints. Através de jogos e composições, cria-se uma linguagem comum a todas (os/xs) atrizes do processo, fazendo com que a improvisação se torne o campo das trocas dos riscos da criação.

O workshop Poéticas Corporais: Criando Personagens Através de Processos Individuais acontece na quarta-feira (10), das 14h às 17h e será ministrado pelo performer Dudx. Podem participar no máximo 20 pessoas. Tem como proposta olhar para a nossa imagem e história para construir uma expressão intuitiva e nova. Uma figura diferente do corpo cotidiano.

Mais informações e programação completa do festival através do Facebook e Instagram do IPêrformático.

Serviço: O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na rua 26 de Agosto, 453, Centro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s