Tantas mortes. Tudo é perdão. Tudo é possível e nosso jornalismo não ajuda

O Relatório Mundial de Direitos Humanos traz, no capítulo sobre o Brasil, dados sobre violações relacionadas à liberdade de expressão, com restrição ao trabalho da imprensa, sobretudo, durante as eleições presidenciais, com a intimidação de mais de 140 repórteres. É risível isso. Não existe liberdade de imprensa pela própria imprensa. Desde há muito grande parte dos jornalistas são cooptados. Vamos fazer o levantamento de quantos deles são filiados a este ou aquele partido. Parem com isso, não existem santos. Continuar lendo “Tantas mortes. Tudo é perdão. Tudo é possível e nosso jornalismo não ajuda”

Governo é governo, não existe novo, diferente, nada. É tudo a mesma B… coisa

Não temos políticos, temos aproveitadores.

A cada eleição mandato é sempre decepção. Não se iludam em Mato Grosso do Sul (reeleito), São Paulo (empresário), Rio de Janeiro (juiz), Rio Grande do Sul (um jovem), Minas Gerais (um partido Novo), Brasil (que montou uma Democracia Militar). Continuar lendo “Governo é governo, não existe novo, diferente, nada. É tudo a mesma B… coisa”

André Puccinelli, doce fascínio, dolce far niente, e a política inexpressiva de MS

Impossível não mencionar o espaço midiático que o ex-governador André Puccineli perdeu na mídia após sua prisão. Qual seu futuro político? Candidatura, no momento, está descartada, afinal seria colocar o pescoço na forca, coisa que sua intuição não pede e seu juízo não permite. Continuar lendo “André Puccinelli, doce fascínio, dolce far niente, e a política inexpressiva de MS”

Vergonha. Ninguém confia na Justiça do Brasil

Passando só por passar. Foi incrível a decisão do governo Italiano em preferir a transferência direta da Bolívia a correr o risco de se submeter à justiça brasileira. Battisti tinha a esperança de obter uma liminar na Justiça brasileira que o mantivesse no país – o receio de que isso pudesse acontecer motivou o governo italiano a acertar com o presidente boliviano, Evo Morales, a … Continuar lendo Vergonha. Ninguém confia na Justiça do Brasil

Pede pra sair, secretário de Saúde de Campo Grande. Sem fralda, estamos cagados

O pior cego é o que não quer ver. A saúde pública em Campo Grande está sem comando. Todos os projetos foram encerrados, agora, são lançados com novos nomes e sem eficiência. Falta, insumos, medicamentos, profissionais, mas o prefeito Marquinhos Trad mantém o ex-sócio do seu irmão, que sequer comparece ao gabinete, como um secretário sem gestão.  Ainda que a imprensa noticie que faltam medicamentos … Continuar lendo Pede pra sair, secretário de Saúde de Campo Grande. Sem fralda, estamos cagados

A doença do governante é manter a Saúde na UTI

Para que e por que vou investir na Saúde Pública. Não vou. Ainda que se faça um excelente trabalho na saúde pública, todas as pesquisas irão indicar que essa, seguida da segurança, é o item com menor apreciação. Nosso povo está doente, estará doente e sempre será doente. Pessoas sofrem de desmerecimento. Estão carentes e abandonadas. Cidadãos vão às unidades de saúde para mendigarem um … Continuar lendo A doença do governante é manter a Saúde na UTI