MDB no ninho Tucano pode ser Plano D

Quanto a candidatura do MDB – caso André Puccinelli não consiga colocar seu nome para candidato ao Governo do estado – beneficia Reinaldo Azambuja e consegue (André e o Partido) postular cargos chave no governo tucano (aspones com cacife) em detrimento do estreante (e sem experiência administrativa) juiz Odilon de Oliveira. Continuar lendo “MDB no ninho Tucano pode ser Plano D”

Vinde a mim os pequeninos… votos

Uma luz se acendeu na equipe de Odilon de Oliveira… os pouco mais de 10% de votos que iriam para o MDB da candidata Simone (conforme projeção), podem migrar, ou cair no seu colo, afinal apontavam a parte vermelha das pesquisas que apontam para os que rejeitam a candidatura de Reinaldo Azambuja à reeleição. Continuar lendo “Vinde a mim os pequeninos… votos”

Mesada ou caixinha, quem não dá, sofre

Era um país estranho, com uma estranha democracia, com legisladores representantes do povo que povo algum representava. Imutável, porque as mudanças apenas representavam uma alteração de nomes. A mesma coisa com outras moscas. Eram menos de 30, mas com um poder… imensurável. E uma fome dos patacos (moeda desse país imaginável). Era mesada ou caixinha, ou perda do poder executivo… uma vez, aconteceu, mas os … Continuar lendo Mesada ou caixinha, quem não dá, sofre

Nada e ninguém

Na Política, não temos nada e ninguém

Após a prisão de André Puccinelli (MDB), resta o atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB) como bola da vez. Certo? Sim, uma vez que Odilon de Oliveira por falta de escopo político e péssimas companhias, dificilmente irá decolar a ponto de constituir ameaça a qualquer dos dois citados anteriormente… Continuar lendo “Nada e ninguém”